Argentina / 18-04-2017

Juiz ordenou o bloqueio de um blog com conteúdo antissemita

source: ARG Noticias


Imediatamente após receber a queixa da Organização de Cúpula da Comunidade Judaica na Argentina, o juiz Carlos Bentolila, Comissário do Tribunal No. 2 da criminalidade da cidade de Buenos Aires, ordenou em 10 de abril, a impedir imediatamente os provedores de Internet locais, de acessarem o http://laopinionprohibida.blogspot.com.ar.

 

Bentolila alegou, que "todas as evidências coletadas até agora nos permitem supor, que o grau de certeza exigido por lei que são responsáveis ​​(os escritores e \ ou os diretores) do blog "A opinião proibida "(La Opinión Prohibida) publicaram e distribuíram cerca de 300 artigos com conteúdo antissemitas, que eram encorajamento ou incitação à perseguição ou ódio contra a comunidade judaica, e a suposição é que eles fazem isso desde 2013".

 

Além disso, o juiz observou que "Não se pode levantar um argumento em relação à restrição estimada da distribuição de idéias como justificativa  para o não-cancelamento das publicações e mantê-las no lugar, como também não mencionar como usar expressões difamatórias  como essas, que nos deparamos na simples leitura do portal, enriquecem o discurso público. Assim sendo, na minha opinião, a proteção preventiva como essa aqui é uma suposição de caráter excepcional, o que permite responder positivamente ao pedido do bloqueio, que foi apresentado pelo honroso promotor do Ministério Público, e entrementes são violados intensivamente os direitos pessoais dos membros da comunidade judaica da Argentina, sempre que cujas publicações que procuram limitar constituam um incitamento de ódio e perseguição".