Estados Unidos / 12-04-2017

A empresa Marvell de quadrinhos dispensou um artista do "X-Men", devido a imagens controversas

source: cw39


Marvell Komiks dispensou um de seus ilustradores do X-men, depois que ela descobriu imagens controversas que foram supostamente escondidas, mas na verdade estavam à vista.

 

O ilustrador indonésio Ardian Syaf foi acusado de trazer referências e lembretes religiosos na criação do X-Men de Ouro # 1.

 

Marvell confirmou nesta terça-feira que dispensou o artista, mas observou que as Edições No. 2 e No. 3 já foram impressas e distribuídas.

 

Sayaf respondeu ao anúncio oficial da empresa de quadrinhos, como parte de um post no Facebook, dizendo  que "Agora minha carreira acabou".