Javascript is required to view this map.

Austrália / 16-03-2017

Desconhecido ameaça matar o proprietário judeu de um ginásio em Melbourne

source: dailymail


Melbourne - Um homem desconhecido ameaçou, por telefone, atirar na cabeça do proprietário judeu de um ginásio e exigiu que "deixasse o país".

 

O telefonema ameaçador, recebeu Avi Yemini, um ex-instrutor de ginástica militar e proprietário de um ginásio e membro da comunidade.

 

Na gravação do telefonema ouve-se uma chamada de cortesia pedindo ao funcionário da recepção para passar um recado para o Sr. Avi Yemini.

 

"Ele esteve no exército?" perguntou, e o recepcionista lhe respondeu: "Sim, 100%".

 

Na conversa gravada recebida pelo Daily Mail Austrália, ouve-se quem ligou continuando: "Então, ele sabe como filmar palestinos"?

 

O operador profissional respondeu assim: "Eu não tenho tanta certeza", então o desconhecido abriu a bôca com xingamentos e ofensas antissemitas.

 

"Ele sabe, esse porr... filho da pu... Eu quero aprender a atirar, porque quero atirar na cabeça desse porr... sionista filho da pu... Por que você trabalha aí?"

 

Depois de uma curta pausa, o recepcionista respondeu que ele trabalha apenas como centro de chamadas externas.

 

"Diga ao Avi que ele deve deixar o país, esse judeu porr... ", continuou o desconhecido.

 

Mr. Yemini disse que não sabia quem estava deixando esse recado, mas ele foi capaz de rastrear a chamada. Ela foi realizada de Deer Park, um bairro muçulmano de Melbourne.