Estados Unidos / 15-03-2017

Ambas as iniciativas de boicote falharam nas universidades

source: JTA


Duas universidades americanas rejeitaram ontem (domingo) iniciativas de boicotar Israel, que procuravam atrair investimentos do Estado judeu em resposta a violações de direitos humanos alegadamente".

 

Um questionário foi passado entre os estudantes da Universidade de Illinois e Ohio State University, enquanto que os de Illinois rejeitaram a iniciativa por uma larga margem - 56,8 comparado a 43,2 por cento de apoio a Israel, em Ohio foi mais incerto: 4.084 estudantes votaram contra a proibição, enquanto que 3.843 levantaram as mãos a favor.

 

Em Illinois os patrocinadores do boicote procuram atrair investimentos de mais de uma dezena de empresas, incluindo a gigante em energia "ExxonMobildos Estados Unidos, bem como empresas de tecnologia "General Electric" e "Hewlett-Packard". No questionário de Ohio foram condenadas apenas cinco empresas.

 

De acordo com a agência de notícias judaicas JTA, o "Fundo Judaico Unificado " e a Federação Judaica da Metropolitan Chicago congratularam-se ontem em um comunicado, pelo fracasso da iniciativa de boicote.

 

"Os estudantes falaram, que não há lugar para controvérsia e tendência anti-Israel em suas universidades", disse o comunicado, que nele ainda foi escrito, que a filial "Hillel" de Illinoi continuará  a apoiar o povo judeu em todo o mundo.