Estados Unidos / 13-03-2017

Pesquisa: aumento do ódio nos EUA, o antissemitismo é uma fonte crescente de preocupação

source: poll.qu.edu


A maioria dos eleitores dizem que o ódio e o preconceito estão em ascensão desde a eleição do Presidente Donald Trump. Uma nova pesquisa da Universidade Quinnipiac  também descobriu que há um aumento no número de americanos preocupados com o antissemitismo.

 

Uma pesquisa realizada em todo o país participaram da votação 1323 pessoas, 63% deles disseram que o ódio e o preconceito prevalecem nos EUA desde a eleição presidencial de Trump. 32% disseram que não houve mudança e 2% disseram que o ódio e o preconceito diminuíram durante este período. Há uma diferença relativamente grande entre a resposta Democrata e a Republicana nesta questão, enquanto que 84% dos democratas dizem que o ódio está em ascensão, em comparação com 62% dos eleitores independentes e 42% dos republicanos.

 

Casos de vandalismo que ocorreram recentemente e ameaças de bomba contra centros comunitários e instituições judaicas, têm causado preocupação entre os eleitores com a ascensão do antissemitismo. 35% dos eleitores disseram que o preconceito contra os judeus é uma questão "muito grave" nos EUA. 35% disseram que o problema "não é tão grave" e 10% disseram que não é um problema sério de todo. Estes números mudaram significativamente em apenas um mês. Na pesquisa de 8 de Fevereiro, apenas 13% dos americanos viram um problema "muito grave" de antissemitismo nos EUA, enquanto que 29% disseram que não é "nenhum" problema sério.